Siga-nos nas Redes Sociais

Tecnologia

Descubra 8 formas de diminuir o stress no seu trabalho

O stress gerado no ambiente de trabalho é um assunto antigo e que sempre rende novas discussões. Independentemente de você trabalhar na área tecnológica ou não, está sujeito à ansiedade, noites mal dormidas e outros efeitos do desgaste profissional como qualquer funcionário de uma empresa — que provavelmente é intensificado pela relação constante que temos com os smartphones. Seja sincero: quantas vezes você aproveitou sua pausa no serviço para mandar e ler mensagens e dar aquela olhadinha rápida no feed?

Veja algumas dicas que selecionamos para reduzir o stress no trabalho com tecnologia. Respire fundo e vamos lá!

1. Permita o trabalho em casa e horários flexíveis

Não é necessário se estender muito no assunto para concluir como é mais agradável e bem menos estressante trabalhar em casa. Fazer home office também permite que você organize seu tempo como for melhor para as suas necessidades, e realize suas tarefas também quando estiver mais concentrado e disposto. Além disso, como não há gastos com transporte, consequentemente não há tempo desperdiçado no trânsito.

Na empresa Geeks Chicago, por exemplo, a regra é: trabalhe onde você quiser, contanto que consiga terminar suas tarefas. E há algo melhor do que trabalhar no conforto do seu lar? O escritório é seu, então é você que define a organização e as regras do ambiente. Porém, é preciso que o funcionário seja disciplinado e que tenha consciência de suas responsabilidades, para que possa se dedicar plenamente ao que precisa ser feito.

2. Aprenda a priorizar o que deve ser priorizado

Saber a melhor forma de controlar seu tempo é uma habilidade que pode ser desenvolvida. Para Karen Williams, diretora de produtos da Halogen Software, é importante que o profissional se dê tempo para aprender as diferenças entre o trabalho de grande impacto e que não demanda tanto esforço.

“Foque nas tarefas que realmente importam e deixe o resto andar conforme for necessário”, diz ela. De acordo com Karen, também é interessante se dedicar a apenas uma coisa de cada vez, pois, quando você utiliza sua energia e seu tempo em vários compromissos, pode acabar fazendo-os sem o cuidado necessário.

3. Dividir para organizar

Quando a equipe recebe um projeto grande, uma boa ideia é dividi-lo em pequenas partes para que todos possam focar em cada uma por vez. Isso faz com que os funcionários se sintam mais realizados por estarem contribuindo para algo maior e, ao mesmo tempo, evita que eles se sintam impotentes por acharem que o trabalho não dá resultado nenhum. Além disso, é muito mais fácil e organizado trabalhar por partes, não é?

4. Escreva o que está te estressando

Para Filev, CEO da Wrike, uma empresa que desenvolve softwares de gerenciamento, escrever no papel sobre alguma situação desagradável ajuda a fazer você parar de ficar remoendo uma preocupação e identificar a fonte real do seu stress. E só há vantagens, já que ele aponta que se preocupar sobre alguma situação traz o efeito de reduzir a memória e o processamento do cérebro. Então, já sabe: se você estiver muito preocupado com algo, escreva. Você vai visualizar melhor o que está acontecendo e saber mais facilmente como resolver a situação.

5. Desconecte-se

Ok, não precisamos lembrar como é necessário fazer uma pausa no expediente aqui e ali. Além de haver estudos comprovando como a luz de monitores e celulares é prejudicial para a visão, a pausa é importante para que você tire seus pensamentos das obrigações por alguns momentos. Porém, não adianta nada se você sair do escritório e aproveitar o tempo livre para mandar mensagens para os amigos e ver as notificações do grupo da família, não é?

Steven Aldrich, o chefe de produção da empresa GoDaddy, diz que ele faz as reuniões caminhando sempre que é possível: “Levantar e se mexer  principalmente ao ar livre  pode intensificar a produção de endorfina, o que reduz os hormônios de stress e te ajuda a limpar a cabeça”.

6. Faça uma pausa nos emails e nas reuniões

Em 2013, um estudo da Universidade de Loughborough descobriu que 83% dos funcionários do governo ficavam mais estressados ao enviar e receber emails, o que causava aumento da pressão arterial e elevação dos batimentos cardíacos e níveis de cortisol. Além disso, estudos mostram que interromper o trabalho por causa de emails e reuniões pode custar um atraso de 6 horas para um funcionário. Assim, o melhor que a empresa pode fazer é adotar um sistema de comunicação próprio para que seus funcionários sejam comunicados e informados das tarefas.

7. Mantenha-se saudável!

Uma vez que estamos sempre com pressa e com prazos apertados, é normal acabar escolhendo comidas que não são saudáveis ou gastar dinheiro com aquele lanchinho gostoso e, aparentemente, inocente. Kelly Bedrich, cofundadora e presidente da empresa ElectricityPlans.com, aponta que um local de trabalho estressante pode levar a um ciclo vicioso de falta de sono, o que resulta também em falta de exercícios e nutrição adequada.

Dar uma pausa para caminhar um pouco, beber água e se alimentar com comidas saudáveis já faz uma diferença enorme no stress, pode acreditar. Tomar um pouco mais de cuidado com a alimentação já pode ajudar — e muito!  na sua saúde e qualidade de vida.

8. Adote mudanças adaptativas

Rebecca Zucker, parceira e coach executiva na Next Step Partners, acredita que para gerenciar o stress é necessário ir adotando mudanças adaptativas. Mas o que é isso? Trata-se de quando o funcionário ainda se preocupa com “compromissos competitivos”, como não ser ofuscado por ninguém ou sempre receber o crédito — e isso pode acontecer consciente ou inconscientemente. Então, uma boa dica é perceber o que exatamente você está cobrando de si mesmo e tentar não forçar tanto.

Fonte

Continue Lendo
Clique para Comentar

Mais em Tecnologia

Voltar ao Topo
default-poup