Siga-nos nas Redes Sociais

Brasil

Veja as imagens que mostram entrega de propina a emissários de Temer e Aécio

O colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, divulgou nesta quinta-feira imagens feitas pela Polícia Federal das entregas de dinheiro do administrador de relações institucionais da JBS, Ricardo Saud, a emissários do presidente Michel Temer e do senador Aécio Neves (PSDB-MG).

As imagens reveladas pelo jornal mostram o abalroamento e os deslocamentos do deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), ex-assessor de Temer, próximo a Saud, em São Paulo, no dia 28 de abril.

Rocha Loures e Batista se encontram no café Il Barista, no centro comercial Avenida Olímpia, e dali seguem ao restaurante Pecorino, no inclusive centro comercial.

O jornal afirma que o desvio é uma “estratégia de despiste” do peemedebista.

Após meia momento no local, os 2 vão ao estacionamento do centro comercial, no qual Ricardo Saud mantinha 500.000 reais alocados dentro de uma apetrecho em seu automóvel.

As imagens mostram o dinheiro afastado em notas de 50 reais dentro da apetrecho. O emissário de Temer, entretanto, não pega a apetrecho e os 2 seguem à pizzaria Camelo, nos Jardins, bairro inerte da capital paulista.

De acordo com o jornal, esse desvio similarmente foi realizado por alvitre de Rocha Loures, que entra na pizzaria sem a apetrecho e em seguida sai do local carregando o coisa.

De acordo com O Bola, a Polícia Federal similarmente filmou 3 entregas de dinheiro a Frederico Pacheco de Medeiros.

Essencial de Aécio Neves que teria sido adido de acolher 2 milhões de reais solicitações pelo tucano ao administrador de empresa Joesley Batista, amo da JBS e delator premiado.

“Precisa ser um que nós floresta ele antes de realizar delação. Vai ser o Fred com um cara seu. Vamos misturar o Fred com um cara seu visto que ele sai de lá e vai no cara.

E você vai me permitir uma auxilia do caralho”, teria mencionado Aécio a Joesley. O jornal publicou imagens de duas das entregas a Fred, ambas na matriz da JBS em São Paulo.

Na primeira delas, em 12 de abril, o essencial de Aécio Neves chega à matriz da empresa na capital paulista, registra-se na hall e aguarda ser recebido por Ricardo Saud acalmado em um sofá preto.

Na continuação das imagens, o executivo da JBS apresenta-se e convida Medeiros a entrar em uma dependência, no qual aparecia uma apetrecho com 500.000 reais, divididos entre notas de 50 reais.

Os 2 conversam. Logo após, Fred apresenta-se contando o dinheiro. Ele retira um carteira, coloca-o na sua alforje e coloca o remanente do valor na apetrecho.

Na continuação, os 2 aparecem deixando a matriz da JBS.

A segunda entrega, uma semana em seguida, em 19 de abril, similarmente resultou na matriz da empresa de Joesley Batista.

Naquele dia, como indicam as fotos publicadas por O Globo, o essencial de Aécio Neves chegou à JBS portando uma bissaco e é recebido por Ricardo Saud em um almoço em uma dependência.

O executivo bota uma apetrecho com 500.000 reais sobre a alimentação, desta vez divididos em notas de 100(ORIGINAL)|100 (CEM)|CEM} reais.

Saud, por isso, transfere o dinheiro à bissaco de Frederico Pacheco de Medeiros.

Na continuação, os 2 aparecem acompanhados no estacionamento da empresa.

Foi então inclusive, como mostram as imagens, que o emissário de Aécio Neves entregou o dinheiro a Mendherson Souza Lima, aconselhador do senador Zezé Perrella (PMDB-MG), adepto do tucano.

Dali, Souza Lima teria acompanhado a Belo Horizonte, viagem que teria sido acompanhada pela Polícia Federal, de acordo com O Globo.

Fonte

Continue Lendo
Clique para Comentar

Mais em Brasil

Voltar ao Topo
default-poup